A partir dos 12 meses de vida há uma desaceleração da velocidade de crescimento que se pode refletir numa diminuição do apetite. O bebé pode começar a rejeitar alimentos dos quais gostava e algumas refeições podem tornar-se mais desafiantes. Esta fase é variável de criança para criança e pode durar até aos 5 anos de idade.

Não sinta culpa se há recusa alimentar ou se os alimentos antes adorados são agora detestados.

Não está a falhar enquanto mãe/pai: na maioria dos casos não passa de uma fase.

Relaxe porque:

  • Eles podem afinal de contas estar a comer o suficiente e somos nós que não entendemos que houve uma desaceleração do crescimento.

  • Sentir-se ansiosa(o), pressionando a criança a comer, não levará a melhores resultados.

Agende uma consulta de avaliação do consumo e estado nutricional do bebé/criança, para garantir que tudo está bem.

Receberá:

  • Uma avaliação do estado nutricional, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

  • Sugestão de ajustes (se necessários) no dia alimentar do bebé ou criança em função da sua idade, sexo, peso e altura.

  • Recomendações de ajustes no horário e contexto das refeições.

  • Recomendações de estratégias positivas, validadas pela ciência e personalizadas à história alimentar partilhada.

Consulta de Nutrição:

De momento estou em licença de maternidade.

Se prefererir ser contactado(a) para agendamento, assim que retome atividade, preencha o formulário:

Ao submeter o formulário concorda com a nossa Política de Privacidade.